Abertas

Chamada de Propostas BIOTA/FAPESP: Educação

Disponível em https://www.fapesp.br/9823

A área de educação em biodiversidade é uma das prioridades desta nova fase do Programa BIOTA/FAPESP, como evidenciado noScience Plan and Strategies for the next decade (disponível em www.fapesp.br/biota/10scienceplan.pdf).

O foco da presente chamada inclui os tópicos abaixo discriminados:

a) pesquisa sobre implicações da multiplicidade de sentidos (científicos, de políticas públicas e bioprospecção, por exemplo) do termo biodiversidade no campo da educação para a formação do cidadão;
b) pesquisa sobre a relação entre a mudança de paradigma na pesquisa em biodiversidade e as potencialidades para alterações na biologia escolar e nos processos de ensino e aprendizagem;
c) pesquisa sobre a função científica e histórica dos processos, métodos e teorias de produção de conhecimento em taxonomia e sistemática e suas ressignificações/apropriações/conexões para educação;
d) pesquisa sobre as implicações sociais, éticas e culturais das exposições e demais artefatos de comunicação científica e funcionamento de Museus e as mídias que tematizam biodiversidade;
e) pesquisas articuladas às ações educativas em museus e demais espaços de comunicação científica, na temática da biodiversidade.
f) pesquisas que resultem em material didático sobre biodiversidade adequado para o Ensino Fundamental e Médio;

Espera-se que as atividades de pesquisa nessas áreas possam gerar novos conhecimentos e formar recursos humanos altamente qualificados, essenciais para aprimorar o ensino e conscientização sobre a importância da biodiversidade para a qualidade de vida humana das sociedades contemporâneas. Será considerado relevante para a análise das propostas, o uso de estratégias experimentais inovadoras.

——————————————-

Call for Proposals FAPESP-NSF: BIOTA and Dimensions of Biodiversity 2016

Published at www.fapesp.br/biota/dimensions-NSF2016

Proposals should focus on fundamental aspects of biodiversity research; those whose primary focus is applied in nature (e.g., food and drug development; biomedical prospecting, restoration or biodiversity management) are not eligible for funding. Projects that integrate multiple dimensions of biodiversity but largely repeat or replicate existing work will also not be funded. Additional examples of proposals that will not be considered by this program include:

1) projects that only address the characterization of genetic diversity within a single population or species;
2) projects that focus on species surveys, discovery, inventories, or descriptions (including projects that solely focus on large-scale sequence acquisition, for example microbiome surveys, without integrating the three dimensions of biodiversity);
3) projects that only address taxonomic boundaries (e.g., species delimitation) using genetic markers; and
4) phylogenetic and/or phylogeographic studies that do not also address the genetic and functional aspects of the focal group(s).

NSF and FAPESP support research on biodiversity science that is focused exclusively on systematics, evolution, ecology, or ecosystem science. However, proposals addressing those individual areas may not be directly applicable to the Dimensions of Biodiversity Program. Proposals that do not integrate the three dimensions as described herein will not be considered by the Dimensions of Biodiversity program and should be submitted to BIOTA-FAPESP or relevant NSF programs instead.