PARCERIAS BIOTA

As parcerias do Programa Biota/Fapesp são alianças entre a Fapesp e instituições privadas ou públicas do Brasil e do exterior.

Espera-se que a cooperação com esses parceiros gere um valor agregado específico e complementar para pesquisa e inovação para a gestão da biodiversidade brasileira.

As colaborações são concebidas em conjunto pela Coordenação Biota/Fapesp, dirigentes da Fapesp e as instituições parceiras e resultam em chamadas específicas para projetos.

Conheça a seguir as parcerias anteriores e em andamento do Programa Biota/Fapesp, os projetos selecionados e seus principais resultados.

PARCERIAS EM ANDAMENTO

Parcerias com NWO, GEF, MCTI, NSF, Secretarias estaduais e mais

PARCERIAS ENCERRADAS

Parcerias com CNPq, Belmont Forum, NERC e mais

BIOTA FAPESP
Parcerias em andamento
Encontre a seguir informações sobre as parcerias ativas do BIOTA FAPESP. Clique nas abas para mais informações.

Nederlandse Organisatie voor Wetenschappelijk Onderzoek (NWO)

O Desafio de Bonn exige a restauração de 150 milhões de hectares de terra desmatada e degradada em 2020 e 350 milhões até 2030. É também um desafio científico prover diretrizes baseadas em conhecimento para a restauração duradoura dos ecossistemas e dos serviços que eles fornecem. Tal desafio não se limita a um país ou região específica; trata-se de uma questão mundial que deve ser abordada em cooperação, reunindo diferentes países, institutos de pesquisa e organizações públicas e privadas.

  • NewFor – Compreendendo florestas restauradas para o benefício das pessoas e da natureza
  • ReSeed – A contribuição das interações animal-planta para a biodiversidade e restauração de ecossistemas na Mata Atlântica
  • BioFor – Aplicação da abordagem “biotic soil legacy” com foco nas interações positivas-negativas da biota na restauração florestal por feedbacks das comunidades de solo e planta
  • GoFor – Governança da transição florestal na Mata Atlântica: aumentando nosso conhecimento sobre a recuperação florestal e os serviços ecossistêmicos

Global Environment Facility & Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação

Projeto Conexão Mata Atlântica

O edital é uma parceria do Programa Biota Fapesp, Programa Mudanças Climáticas da Fapesp, GEF e MCTI. O objetivo da chamada é apoiar projetos focados na recuperação e preservação dos serviços ecossistêmicos associados à biodiversidade e à captura de carbono da floresta em zonas prioritárias do Corredor Sudeste da Mata Atlântica brasileira. O projeto Conexão Mata Atlântica reconhece e apoia os proprietários rurais que adotam ações de conservação de floresta nativa, recuperam áreas degradadas e implementam práticas produtivas sustentáveis.

em breve

National Science Foundation

Dimensions of Biodiversity

O programa Dimensions of Biodiversity espera transformar a compreensão do escopo e do papel da vida na Terra. Os pesquisadores são encorajados a propor projetos que transcendam as fronteiras tradicionais entre as áreas de pesquisa sobre biodiversidade. O programa se concentra nas dimensões genética, filogenética e funcional da biodiversidade.

em breve

Secretaria do Meio Ambiente & Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo

Conservação, restauração e uso sustentável da biodiversidade em Unidades de Conservação

Chamada de propostas de pesquisa inovadoras tem como objetivo subsidiar a gestão de Unidades de Conservação por meio da promoção da conservação, da restauração e do uso sustentável da biodiversidade, observadas as Metas de Aichi conforme Plano Estratégico da Biodiversidade 2011-2020, da Convenção da Diversidade Biológica.

em breve

BIOTA FAPESP
Parcerias ENCERRADAS
Histórico das parcerias já finalizadas junto ao BIOTA FAPESP.

Belmont Forum

Scenarios of Biodiversity and Ecosystem Services I & II

As chamadas Scenarios of Biodiversity and Ecosystem Services I e II tiveram como objetivo financiar pesquisas sobre transformações para a sustentabilidade, que são de grande preocupação social, econômica e política em todo o mundo e de grande relevância para acadêmicos e tomadores de decisão.

em breve

Natural Environment Research Council/NERC (Grã-Bretanha)

ECOFOR: Biodiversidade e funcionamento de ecossistemas em áreas alteradas pelo homem nas Florestas Amazônica e Atlântica

Parceria realizada no âmbito do Human-modified Tropical Forest (HMTF) Programme, cujo objetivo é integrar dados experimentais e observacionais com modelos para entender o papel da biodiversidade nos principais ciclos biogeoquímicos florestais. Visa também explorar as correlações espaciais entre o funcionamento dos ecossistemas e os ciclos biogeoquímicos e a distribuição de espécies que são preocupantes para a conservação, através de uma rede de pesquisas de longo prazo.

em breve

CNPq

Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade (SISBIOTA)

Acordo entre Fapesp e CNPq, entre os anos de 2011 e 2014, com o objetivo de cofinanciar, no Estado de São Paulo, projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação que visem a ampliar o conhecimento, entendimento e uso da biodiversidade brasileira e melhorar a capacidade preditiva de respostas às mudanças de cobertura e uso da terra e mudanças climáticas -, associando as pesquisas à formação de recursos humanos, educação ambiental e divulgação do conhecimento científico – bem como integrar competências para a consolidação do Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade – SISBIOTA.

CNPq (PELD)

Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD)

Parceria Fapesp/CNPq referente ao Programa Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD), que visou promover o apoio à manutenção e ao aperfeiçoamento de rede de sítios de pesquisa, em que são coletados dados sobre a composição e a dinâmica dos ecossistemas.

em breve

CNPq (REFLORA)

Herbário Virtual Autenticado de Espécies da Flora do Brasil (REFLORA)

Acordo para a criação do Herbário Virtual Autenticado de Espécies da Flora do Brasil – REFLORA – abrangendo as plantas coletadas nos séculos XVIII, XIX e XX e depositadas nos herbários do Royal Botanic Gardens de Kew, Inglaterra, e do Muséum National d’Histoire Naturelle de Paris, França.